Cursos Profissionalizantes

Cursos Profissionalizantes Sorocaba Curso de Eletricista Sorocaba Curso Manutenção de Celular Sorocaba



Cursos Administrativos Sorocaba Cursos Online Sorocaba Vagas de Emprego Sorocaba



Cursos Profissionalizantes Sorocaba Curso de Eletricista Sorocaba Curso Manutenção de Celular Sorocaba



Cursos Administrativos Sorocaba Cursos Online Sorocaba Vagas de Emprego Sorocaba



Sabe o que falta no seu currículo? Um curso que faça a diferença!!!
Veja 10 dicas para fazer seu currículo gerar entrevistas

Conquiste a recolocação ou um novo emprego


Veja 10 dicas para fazer seu currículo gerar entrevistas Cursos Administrativos Sorocaba Cursos Online Sorocaba Vagas de Emprego Sorocaba

Você não vê a hora de iniciar sua maratona de entrevistas de emprego? Não larga o celular ou fica atualizando toda hora seu e-mail para saber se já chegou alguma resposta? Calma! O primeiro passo é ter um bom currículo. Veja nossas dicas neste post.

 

Nesse sentido é importante você responder ao seguinte questionamento: “Meu currículo está bem feito? As informações estão corretas? Está coerente com meus objetivos?”.

 

Infelizmente, eu tenho que te dar uma má notícia: provavelmente seu currículo já foi descartado em algum processo seletivo, justamente para aquela vaga que você tanto desejava.

 

Isso pode ter sido causado por razões simples, como a aparência do currículo, a falta ou o excesso de informações.

 

Portanto ter anos de experiência e a qualificação exigida para o cargo são coisas muito importantes. Mas não saber como apresentá-las pode fazer você ficar distante da vaga.

 

É claro que não existe um currículo ideal. Afinal de contas, cada entrevistador vai olhar o currículo de uma forma diferente, levando-se em conta as necessidades da empresa.

 

O segredo de ouro é: conheça bem a empresa onde quer trabalhar e alinhe as informações exigidas na vaga aos seus dados profissionais.

 

O importante é se destacar entre os inúmeros currículos que chegam à mesa do recrutador 

 

Dessa forma, você consegue se destacar na multidão, não sendo apenas mais um currículo que passa pelas mãos dos recrutadores.

 

Lembre-se que o departamento de pessoal da empresa (ou a agência de recrutamento e seleção) recebe centenas de currículos para avaliar e que esta é apenas mais uma das atividades do setor.

 

O melhor a fazer é não pecar pelo exagero nem pela escassez de informações. Buscar o equilíbrio na confecção do currículo é fundamental.

 

Então qual é a forma mais garantida de ser notado e ser chamado para a entrevista de emprego?

 

Confira agora nossas 10 dicas de como fazer o seu currículo gerar entrevistas.

 

 

1. Dados pessoais: menos é mais

 

Não há necessidade de colocar todas as informações referentes aos seus documentos pessoais no currículo. O recrutador não precisa saber os números de RG, CPF, Título de Eleitor ou até Carteira de Habilitação antes mesmo de contratar você.

 

Por isso, basta colocar:

  • Nome completo;
  • Telefone de contato;
  • Endereço de e-mail;
  • Link do seu perfil em redes sociais profissionais, como o LinkedIn;
  • Cidade onde reside;
  • Idade;
  • Estado civil.

Fique atento a um detalhe: ao criar um e-mail ou um perfil de rede social profissional, não atrele seu nome a um personagem de filme, à defesa ou crítica de figuras políticas ou artistas.

 

Pode passar uma má impressão ao seu recrutador. A dica é: crie um e-mail e um perfil nas redes sociais apenas para ser divulgado nos seus currículos e entrevistas de emprego.

 

2. Defina seus objetivos profissionais

Na hora de escrever os objetivos profissionais do seu currículo, coloque o cargo que você está pleiteando na empresa, de uma maneira rápida e simples para fazer-se bem entendido pelo recrutador.

 

Veja os exemplos:

  • Analista de Suporte de TI
  • Instrutor de Pilates
  • Auxiliar de Limpeza
  • Analista em Controladoria
  • Vendedor Externo

 

3. Descreva sua formação acadêmica

Esse momento do currículo é muito importante. É hora de destacar os cursos que você fez e as instituições que você frequentou.

 

Não se esqueça de colocar sempre da ordem mais recente para a mais antiga.

 

Veja um exemplo:

 

4. Cursos Complementares

Insira no item “cursos complementares” todos os cursos rápidos, presenciais e online, feitos por você e que estejam relacionados ao seu cargo pretendido.

 

Veja um exemplo:

  • Metrologia;
  • Excel;
  • Marketing nas redes sociais;
  • História da Qualidade;
  • Conserto e Manutenção de Celulares;
  • Sistema Toyota de Produção;
  • CEP - Controle Estatístico de Processos.

 

5. Experiência Profissional

Destaque suas principais experiências profissionais

Inevitavelmente esse é o item que mais chama a atenção dos recrutadores. Afinal de contas, o selecionador terá condições de saber qual o porte das empresas pelas quais você passou e as atividades exercidas.

 

Assim como na formação acadêmica, a experiência profissional é escrita da mais recente para a mais antiga.  

 

Devem aparecer as seguintes informações:

  • Nome da empresa
  • Período de trabalho (mês/ano de entrada e saída)
  • Cargo ou função
  • Principais atribuições (resumo das suas funções)

 

Agora, se você não tem experiência profissional, destaque os cursos de qualificação e até trabalhos voluntários a fim de que o recrutador tenha uma noção do seu perfil profissional.

 

6. Abandone as fotos

Não é recomendado inserir fotos suas no currículo. A única exceção é quando a empresa recrutadora pede.

 

Ao usar a foto, tenha bom senso. Não use fotos suas com traje de banho, com roupas de festas ou até com copos de bebida nas mãos.

 

Se possível, prepare uma foto profissional, ou seja, com roupa discreta e com fundo em tom pastel.

 

7. Atente-se ao português

 

Não há nada mais constrangedor para um candidato a uma vaga de emprego que apresentar um currículo com erros de português.  

 

Portanto depois de escrever o currículo, use o corretor ortográfico e gramatical do Word. Se ainda estiver em dúvida, procure um dicionário online.

 

8. Fique ligado no formato

Além do conteúdo, a forma é fundamental. Uma boa apresentação do seu currículo é o primeiro passo para impressionar o recrutador.

 

Lembre-se aqui que menos é mais! Portanto prefira fazer a programação dos dados do seu currículo em tamanho A4, que é o padrão usado no país.

 

Utilize fontes padrão, como Times New Roman e Arial, de preferência em tamanho 12. Nada de exageros: duas folhas de currículo é o ideal.

 

Para imprimir, prefira um papel A4 em alta gramatura, que é muito comum nas papelarias. Se for encaminhar por e-mail, prefira o formato PDF.

 

9. Revise todas as informações

Releia seu currículo para evitar erros

Agora que você já escreveu seu currículo, já revisou o português e está concluído, prontinho para ser encaminhado às empresas dos seus sonhos, revise todas as informações, como:

  • Telefone
  • Dados pessoais
  • Experiência
  • Pretensão salarial (se a empresa solicitar)

 

10. Simplicidade é a solução

Objetividade e linguagem direta: essas são as duas palavras-chave quando o assunto é currículo profissional.

 

Não use termos rebuscados, pronomes de tratamento inadequados e muita pomposidade quando for escrever um currículo. O importante é passar a ideia de eficácia.  

 

Para concluir, o currículo é o seu cartão de visitas. Faça dele uma ferramenta para acelerar sua entrada no mercado de trabalho ou sua recolocação profissional.

Se você deseja qualificar seu currículo, fazendo um curso profissionalizante, procure um dos consultores da QualiMoura. 



Data: 17/06/2019




Compartilhar: